Dicas

4 coisas para saber ao comprar carne para revender

comprar carne

Seja para um belo churrasco ou para a acompanhar as refeições diárias, a carne é um alimento que não falta na mesa do brasileiro. Ter um negócio para revendê-la costuma trazer excelentes resultados financeiros.

Contudo, é muito importante ter alguns cuidados na hora de comprar carne para revender. Além de ser um produto muito sensível, ele apresenta algumas características que dizem muito sobre sua qualidade e adequação para consumo.

Quer garantir a segurança de seus clientes e fazer um bom investimento? Então confira a lista do que você precisa saber para garantir uma boa compra!

1. Observe se a carne está fresca

Para começar, você deve revender apenas carnes frescas. Não importa se o preço para comprar seja mais barato, ou se é possível ajustar valores na hora da chegada até o consumidor.

É seu dever oferecer sempre um produto fresco e com a refrigeração em dia, inclusive por questões legais. Do contrário, a será difícil lidar com a insatisfação de sua clientela e você perderá a reputação por algo que pode ser facilmente evitado.

2. Escolha bem os cortes e peças de carne

Em seguida, vale dar atenção para os cortes e peças de carne. Cortes de primeira, como picanha, bisteca, contrafilé, maminha e lagarto tem uma excelente saída, já que são versáteis e ingredientes de várias receitas.

No entanto, comprar carne com cortes de segunda garante um preço mais favorável. Acém, fraldinha e cupim, por exemplo, são opções bastante populares. Fique de olho também no tamanho e no peso das peças: elas devem ser sempre de fácil transporte ou envio. O importante mesmo é trabalhar com uma variedade boa de produtos, para que os clientes escolham à vontade.

3. Preze sempre pela boa qualidade

Jamais considere comprar carne sem saber exatamente a respeito de sua procedência. É indispensável que você conte com um fornecedor confiável, que trabalhe apenas com marcas conceituadas e tenha responsabilidade para assegurar o armazenamento correto do corte.

Para completar, vale reforçar que a questão da qualidade também está associada a fatores como a cor, a suculência e o aroma. Portanto, avalie bem o aspecto dos produtos e tire as dúvidas junto ao fornecedor para ter a certeza de um bom investimento.

4. Dê atenção aos rótulos dos produtos

A carne embalada deve, obrigatoriamente, conter informações no rótulo. Por isso, leia com muita atenção o prazo de validade e o nome do corte, assim como a data de corte e de processamento. 

Tudo isso indica cuidado com a higiene e com a qualidade da carne. Essa é também uma dica importante inclusive para que você consiga controlar bem o seu estoque. Do contrário, terá que lidar com desperdícios e prejuízos.

Pronto! Com todas essas dicas em mãos, dificilmente você tem chances de errar na hora de comprar carne para revender e conseguirá garantir um diferencial e tanto para seus negócios.

Esse artigo foi útil para você? Cadastre-se em nossa newsletter para receber mais novidades e outros posts em sua caixa de e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *